Ciências Contábeis

Objetivos

O objetivo do Curso de Ciências Contábeis da Faculdade Lourenço Filho é formar profissionais aptos a exercerem com eficiência e senso crítico a profissão de Contador e o papel de gestor da informação, capaz de subsidiar o processo de tomada de decisão e de exercer cargos de gestão nas organizações, comprometido com a atualização permanente e os princípios éticos que norteiam a profissão.

Nessa perspectiva, o Curso proporcionará aos seus alunos oportunidades para desenvolverem a capacidade de raciocínio lógico e abstrato, a fim de refletirem a respeito da heterogeneidade das demandas sociais e organizacionais e de analisarem o contexto geral em que estão inseridos, tornando-se capazes de renovar continuamente suas competências, a partir de um processo de auto-aprendizado.

Através da consolidação desse perfil generalista, o Curso pretende formar profissionais qualificados para criar, manter, e melhorar os processos contábeis, prestar consultoria e assessoria de alto nível para organizações públicas e privadas, com ou sem fins lucrativos.

Perfil de egresso

O Curso de Ciências Contábeis da Faculdade Lourenço Filho deve formar um profissional que aja com responsabilidade social e ética, com capacidade de raciocínio abstrato sob a ótica sistêmica, holística e interdisciplinar da atividade contábil. Esses requisitos são essenciais para compreensão e solução de problemas, bem como a liderança em formar equipes multidisciplinares para captação, geração e disseminação de informações contábeis.
Missão do curso

O Curso de Ciências Contábeis da Faculdade Lourenço Filho visa formar cidadãos com capacidade de atuar como profissionais que promovam o desenvolvimento das organizações, da sociedade e da própria Ciência Contábil.

O que é ser um Contador?

O Contador é o bacharel graduado em Ciências Contábeis, após ser submetido ao Exame de Suficiência, requisito indispensável com fins de obtenção do seu registro para exercício da profissão. Constitui-se numa peça imprescindível dentro do processo decisório das organizações, com fins lucrativos ou não, porque é o gestor de informações sobre o comportamento econômico-financeiro da riqueza das empresas.

Quais as características necessárias para ser um Contador?

Ser multidisciplinar, detentor de um raciocínio lógico, saber se comunicar bem, gostar de matemática e possuir afinidade com as ciências exatas, bem como ter habilidade em dialogar com as outras áreas relacionadas com a profissão são características que se encaixam no perfil de um bom Contador.

Qual a formação necessária para se tornar um Contador?

O Contador precisa ter uma formação multidisciplinar, adquirida pelos ensinamentos das inúmeras disciplinas na matriz curricular do Curso de Ciências Contábeis. Nessa perspectiva multidisciplinar, o Contador precisa saber comunicar-se, de forma clara e objetiva, dominar os recursos da tecnologia da informação, ter facilidade de adaptar-se às constantes mudanças, bem como ter capacidade de antecipar cenários econômicos, além de ser criativo, inovador e ético.

Quais as principais atividades do contador?

O bacharel graduado em Ciências Contábeis poderá exercer as seguintes atividades:

  • Contador, em empresas públicas, privadas e ONG’s, exercendo funções nos segmentos da Contabilidade Gerencial, Contabilidade Financeira, Contabilidade Tributária, Contabilidade Governamental etc.;
  • Auditoria, com atuação na Auditoria interna, como controles internos, auditoria de sistemas, auditoria de gestão etc.; ou Auditoria Independente, que requer registro junto à Comissão de Valores
  • Mobiliários, para o exercício como autônomo ou em empresa de auditoria;
  • Perícia Contábil, Judicial e Extrajudicial, exercendo funções para apuração de haveres e avaliação de direitos e obrigações do acervo patrimonial de quaisquer entidades, em face de processos de liquidação, fusão, cisão, expropriação no interesse público, transformação ou incorporação dessas entidades, bem como em razão de entrada, retirada, exclusão ou falecimento de sócios etc.;
  • Análise Financeira, com atribuições relacionadas com a elaboração de análise econômico-financeira de organizações, análise de crédito, para fins de concessão de crédito, como empréstimos, financiamentos ou vendas a prazo, análise de desempenho, avaliando indicadores de performance e resultados; análise de investimentos, objetivando avaliar entidades com perspectivas de investimento no mercado mobiliário, novos negócios, fusões, incorporações etc.;
  • Consultoria, com atuação em segmentos que buscam solucionar problemas ligados à gestão contábil, a de tributos, de comércio exterior, administrativa, de processamento de dados, custos, orçamentos etc.;
  • Controladoria, com incumbência de coordenar os esforços visando à otimização do resultado econômico das empresas;
    Empresarial, com atuação nos segmentos público, privado e ONG’s.

Como está o mercado de trabalho para o Contador?

A valorização do Contador no mercado de trabalho vem aumentando significativamente por conta de sua diversificada área de atuação, constituindo-se em um profissional de grande empregabilidade;

Apesar dos 500 mil contadores registrados nos conselhos da categoria em todo o Brasil, a demanda por esses profissionais não para de crescer, inclusive por parte de outros países que estão oferecendo amplas oportunidades de trabalho e importando profissionais para trabalharem em suas empresas.

Sites recomendados para estudo

Cômite de Pronunciamentos Contábeis
Conselho Federal de Contabilidade
Comissão de Valores Mobiliários
IBRACON
Banco Cental do Brasil
IASB
IFAC
IFRS
Contábeis